Nota de repúdio

A ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) lamenta os fatos ocorridos e manifesta sua total solidariedade aos jornalistas agredidos no último sábado durante a eleição no Corinthians.

A ACEESP acionou os envolvidos para que as providências sejam tomadas.

Infelizmente, não é a primeira vez e não se resume a um clube, a um jogador, a uma torcida. A cada dia a intolerância se faz presente nas praças esportivas com episódios lamentáveis de agressões contra profissionais de imprensa que estão apenas no exercício da profissão cumprindo seu dever de informar.

A ACEESP repudia toda e qualquer agressão contra jornalistas, que fere a liberdade de expressão e o direito garantido na Constituição.

NOTA DO CORINTHIANS

O Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente o episódio ocorrido após a apuração da eleição para Presidente e Conselheiros que aconteceu no sábado (03 de fevereiro de 2018).

O clube que contava com um corpo de segurança especialmente montado para a eleição comunicou todas as autoridades solicitando policiamento para o dia do evento.

O presidente Andrés Sanchez, que assumiu o cargo após a eleição, ligou pessoalmente ao repórter Flávio Ortega dos canais ESPN, se desculpando pelo fato e lamentando o ocorrido.

Como o acontecimento foi público e com vasto material colhido pela imprensa, o Corinthians espera que os invasores sejam identificados e punidos pelas autoridades.

O Sport Club Corinthians Paulista também espera que situações como essas não se repitam.