FPF atende solicitação da ACEESP e permite repórter de web rádio em gramado

logofpf3FPF atende solicitação da ACEESP e permite repórter de web rádio em gramado

Mais uma solicitação da ACEESP foi adotada pela Federação Paulista de Futebol. Repórteres de web rádio terão acesso ao gramado a partir deste ano. O pedido foi feito ainda na administração do ex-presidente Luiz Ademar Campos Junior. Na época, foi negociada a permissão do uso de bermuda, também autorizada pela FPF.

A ACEESP foi pioneira na regulamentação do trabalho dos jornalistas de web no Brasil ao permitir a sua inclusão no credenciamento para cobertura de todos os jogos na Capital e no Interior de São Paulo. Associações de outros estados consultaram a ACEESP para a formatação de credenciamento em suas regiões.

A direção da entidade valoriza e reconhece os profissionais do segmento ao inclui-los desde 2010 na votação do Troféu ACEESP, dentro das categorias Melhor Repórter Web, Melhor Rádio Web e Melhor TV Web. O Melhor Site vem sendo homenageado desde o ano 2000 na solenidade dos destaques do ano.

Confira o Comunicado emitido pela Federação Paulista de Futebol nesta quarta-feira:

 

REPÓRTERES DE WEB RÁDIOS PODERÃO ATUAR N GRAMADO NOS JOGOS DO PAULISTÃO ITAIPAVA

(CRÉDITO: RODRIGO CORSI/FPF)

Publicado em 08 de fevereiro de 2017, às 17h00

 

O Departamento de Comunicação da Federação Paulista de Futebol informa que, dentro do Protocolo de Imprensa do Paulistão Itaipava, Paulistão A2 itaipava e Paulistão A3, está permitida a atuação de repórteres de Web Rádios no gramado, dentro dos mesmos critérios utilizados para o credenciamento das rádios AM e FM.

Assim, Rádios e Web Rádios terão direito a credenciar até 30 profissionais por jogo, limitando-se a até dois radialistas por veículo.

Todo credenciamento deve ser realizado por meio do site credenciamento.fpf.org.br, e a simples solicitação de credenciamento não garante acesso ao gramado.

Após o término do credenciamento, os profissionais receberão e-mail aprovando ou não a solicitação.

A apresentação das identificações das associações de classe continua obrigatória para todos os jornalistas na entrada do campo.

Mais detalhes sobre o credenciamento podem ser esclarecidos por meio do link http://www.fpf.org.br/Noticias/Detalhe.aspx?Noticia=491