Morre a jornalista Kitty Balieiro

 

A jornalista Kitty Balieiro morreu neste sábado, em São Paulo, vítima de infarto. Kitty tinha 62 anos e seu corpo será sepultado nesta segunda-feira, às 9h30, no Cemitério São Benedito, em Bauru (SP).

Por sua trajetória no jornalismo esportivo, Kity recebeu em 2011 o “Troféu Regiane Ritter”, oferecido pela ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo). Ao lado de Regiani, Kity foi uma das desbravadoras entre as mulheres no segmento da comunicação esportiva.

Kitty começou a carreira na TV Bauru, atual TV Tem, e se destacou no início da década de 1980. Teve passagens por emissoras como SBT, Cultura, Record, Globo e ESPN Brasil.

A jornalista trabalhou nas coberturas dos Jogos Olímpicos de Los Angeles-1984, Seul-1988 e Barcelona-1992, além da a Copa do Mundo da Itália-1990.

Atualmente, comandava a Associação Beneficente Fraternitas Nosso Lar, onde ajudava moradores de rua e comunidades abandonadas.

A ACEESP expressa seus sentimentos de pesar a familiares e amigos.