Sai Pelé, entra Dida: camisa do goleiro ficará exposta no Museu do Futebol enquanto a 10 usada na Copa de 70 vai para “descanso”

 

Camisa icônica utilizada por Pelé no Mundial passa por rotina de “repouso” para preservação e dá lugar à que Dida utilizou nas Olimpíadas de 1996

 

Principal objeto museológico do Museu do Futebol, a camisa utilizada por Pelé na Copa do Mundo de 1970 vai deixar temporariamente a exposição de longa duração e ficar um período em “repouso” para preservação das fibras do tecido. Durante o processo de rotina, quem ocupa o lugar de Pelé é Dida, com a camisa que utilizou nos Jogos Olímpicos de 1996. O Museu do Futebol é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

O processo de troca foi realizado nesta segunda-feira (12), dia em que o museu está fechado para o público, pelos museólogos Juliana Pons e Mauricio Rafael. A escolha por Dida está relacionada à exposição temporária “Tempo de Reação – 100 anos do goleiro Barbosa”, que homenageia Moacyr Barbosa e os 150 anos da posição de goleiro e traz muitas menções à trajetória de Dida.

Em 2006, o camisa 1 se tornou o primeiro goleiro negro titular da Seleção Brasileira em um Copa do Mundo desde Barbosa em 1950. Dida também está entre os assuntos mais comentados da internet desde domingo (11) pela semelhança com Donnarumma, goleiro italiano campeão da Eurocopa que defendeu pênaltis decisivos contra a Inglaterra e comemorou com semblante sério e gestos contidos, tal qual o brasileiro costumava fazer. E pode não ser mera coincidência: desde o ano passado Donnarumma é treinado pessoalmente por Dida, preparador de goleiros do Milan.

Já a camisa de Pelé vai passar um período em uma reserva técnica especializada para repousar na horizontal em ambiente escuro, com temperatura e umidade controlados, a fim de evitar o desgaste do tecido. A previsão é que camisas de outros goleiros e goleiras ocupem o espaço destinado à 10 de Pelé durante o período da exposição temporária, que fica em cartaz até novembro.

“Tempo de Reação – 100 anos do goleiro Barbosa” conta com patrocínio do SporTV, e com apoio da EMS Farmacêutica por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Tem como parceiro a Poker Esportes e o UOL Esporte Clube e consultoria de conteúdo do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, Coletivo Pretaria e Malik Esporte e Cultura.

MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Museu do Futebol – Comunicação
Renata Beltrão | renata.beltrao@idbr.org.br  11 99267 5447
Olga Bagatini | olga.bagatini@idbr.org.br – 11 98154 0397

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado
Davi Franzon – 11 93411-6428
Cintia Ruiz – 11 98080-9800
Simone Blanes – 11 94003 – 1711
imprensaculturasp@sp.gov.br

Acompanhe a Cultura:Site |Facebook |Instagram |Twitter |LinkedIn |YouTube

 

Camisa de Dida substituirá a de Pelé no Museu do Futebol Camisa de Dida substituirá a de Pelé no Museu do Futebol Camisa de Dida substituirá a de Pelé no Museu do Futebol
Visualizar todas as imagens em alta resolução

Olga Bagatini
comunicacao@museudofutebol.org.br
(11) 3664-3848