No fim de semana da Consciência Negra, Museu do Futebol distribui biografia de Djalma Santos aos visitantes

 

No sábado (20) e domingo (21), quem for passear no Museu do Futebol receberá o livro “Djalma Santos: do porão ao Palácio de Buckingham”

 

Nos dias 20 e 21 de novembro (sábado e domingo), o Museu do Futebol, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, irá distribuir 500 unidades do livro “Djalma Santos: do porão ao Palácio de Buckingham”, biografia que conta a história do craque negro que se tornou bicampeão do mundo e foi eleito pela FIFA como o melhor lateral-direito de todos os tempos.

Escrita pelos jornalistas Flávio Prado, Norian Segatto e Adriana Mendes, a obra apresenta detalhes da vida de Djalma Santos desde o começo de sua carreira no futebol de várzea, passando por suas atuações em grandes clubes como Portuguesa, Palmeiras e Atlético-PR, pelas histórias das quatro Copas do Mundo disputadas e dos dois títulos mundiais conquistados pelo Brasil em 1958 e 1962. Nesta edição de luxo, de 182 páginas, constam 130 fotografias e dezenas de depoimentos de ícones do futebol brasileiro, como Pelé, Zagallo, Pepe, Vanderlei Luxemburgo e Luis Felipe Scolari.

Djalma Santos, que faleceu em 2013, foi o primeiro entrevistado pelo “Futebol, Memória e Patrimônio”, projeto do Museu do Futebol em parceria com o Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC), da Fundação Getúlio Vargas (FGV) que buscou a constituição de um banco de depoimentos orais (registrados em áudio e vídeo) com jogadores de futebol que representaram a seleção brasileira nas Copas do Mundo de 1930 até 2010.

No próxino final de semana, quando é celebrado o Dia da Consciência Negra, os livros serão entregues aos visitantes. O ponto de entrega será no guarda-volumes, localizado logo na entrada do museu, e a distribuição será feita por ordem de chegada até acabar o estoque – serão 300 livros no sábado e 200 no domingo.

SOBRE O MUSEU DO FUTEBOL

O Museu do Futebol está instalado em uma área de 6,9 mil metros quadrados sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu. É um espaço interativo, lúdico e multimídia, no qual a história do esporte mais popular do Brasil se confunde com a própria história do país. É uma iniciativa do Governo e da Prefeitura de São Paulo, com concepção e realização da Fundação Roberto Marinho. Pertence à rede de museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e é gerido pelo IDBrasil, Organização Social de Cultura.

PATROCÍNIO E APOIO

A Temporada 2021 do Museu do Futebol tem o patrocínio do Aché Laboratórios Farmacêuticos, que também patrocina o programa “Museu Amigo do Idoso”. Tem como apoiadores: SporTV/Globo, EMS Farmacêutica, TIVIT, Evonik Brasil e Pinheiro Neto Advogados. A Rádio CBN, UOL, Revista Piauí, Gazeta Esportiva, ACEESP e Guia da Semana são seus parceiros de mídia. O IDBrasil Cultura, Educação e Esporte é a organização social responsável pela sua gestão. A Temporada é realizada pelo Ministério do Turismo, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

A exposição temporária “Tempo de Reação – 100 anos do goleiro Barbosa” conta com patrocínio do SporTV, e com apoio da EMS Farmacêutica por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Tem como parceiros a Poker Esportes e o UOL Esporte Clube e consultoria de conteúdo do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, Coletivo Pretaria e Malik Esporte e Cultura.

MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Museu do Futebol – Comunicação
Renata Beltrão | renata.beltrao@idbr.org.br  11 99267 5447
Olga Bagatini | olga.bagatini@idbr.org.br – 11 98154 0397

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado
Davi Franzon – 11 93411-6428
Cintia Ruiz – 11 98080-9800
Simone Blanes – 11 94003 – 1711
imprensaculturasp@sp.gov.br


Visualizar todas as imagens em alta resolução

Olga Bagatini
comunicacao@museudofutebol.org.br
(11) 3664-3848