Nota de protesto: Sanções da Presidência do Santos FC ao Portal UOL

Em defesa do direito ao livre exercício da profissão, a Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (ACEESP) repudia a ameaça de boicote ao Portal UOL anunciada, em nota oficial, pelo Santos FC. Qualquer medida nesse sentido seria desarrazoada e desproporcional, posto que, para atingir um único alvo, prejudicaria uma coletividade. Respeitamos e salvaguardamos o direito do clube de protestar contra uma opinião ou uma crítica que julgar desmedida, mas não podemos aceitar que reações como essas prejudiquem o trabalho de profissionais que não têm qualquer relação com o fato em si. Seguramente, há outras vias, inclusive judiciais, de se buscar reparações.

Defendemos o diálogo, a conciliação e as boas relações entre nossos associados e as entidades que promovem o esporte no Estado e no país.

Por isso, rechaçamos toda e qualquer tentativa de boicote ao livre exercício do jornalismo e, como consequência, ao direito de opinião. A proposta de punir todos os jornalistas do UOL em função da opinião manifestada por um dos seus colunistas soma-se, por sinal, à recente tentativa da diretoria do Palmeiras de proibir entrevistas a todos os profissionais da Rádio Transamérica, em retaliação a uma manifestação isolada de um dos seus comentaristas. Os dois exemplos, com intervalo inferior a um mês, flertam com a indesejável cultura de censura. Uma prática inaceitável em qualquer contexto, e sobretudo num país que lutou arduamente pelo Estado democrático de direito.

A DIRETORIA